Translate

domingo, 29 de maio de 2011

"Às vezes é necessário...

"Às vezes é necessário...sair da linha...deixar de ser "boa moça"...apertar o botão FODA-SE muito mais forte...chutar o balde...jogar tudo para o alto...dizer NÃO...gritar extremamente alto ...colocar as mágoas na mesa...parar de engolir sapos...perder as estribeiras...socar algo (não alguém!)...quebrar os próprios limites...Declarar GUERRA!e sair de cena livre, leve e solta."



sair da linha...

deixar de ser "boa moça"...

apertar o botão FODA-SE muito mais forte...

chutar o balde...

jogar tudo para o alto...

dizer NÃO...

gritar extremamente alto ...

colocar as mágoas na mesa...

parar de engolir sapos...

perder as estribeiras...

socar algo (não alguém!)...

quebrar os próprios limites...

Declarar GUERRA!



e sair de cena livre, leve e solta."

Perder faz parte do jogo


Todos querem ganhar. Mas, em alguns momentos, queira ou não, a gente acaba perdendo. E, então, vem a revolta. Que atire a primeira pedra quem sempre consegue “perder com elegância”. Depois, vem a cobrança pelo fracasso. E, nessa hora, não adianta ninguém dizer que o importante é competir. Porque competir é ótimo, mas, pense, quem se prepara para uma competição e treina até não poder mais, não tem como não ficar frustrado quando perde. O que precisamos saber é que as vitórias são passageiras e ninguém ganha sempre. Por isso, não há motivo para se sentir diminuída quando algo não der certo. As derrotas servem para você corrigir possíveis falhas e se fortalecer, para tentar novamente. Vale mesmo é o aprendizado, não o resultado, afinal a vida nada mais é que um delicioso jogo de perdas e ganhos.

Então, jogue a tristeza fora e use a energia da frustração para seguir em frente com confiança. Quem não perde não conhece o sabor da superação!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Deus Falou Comigo!!!

Deus fala conosco todos os dias! Basta prestar atenção.



Hoje acordei ouvindo a voz de Deus.
Aliás, todos os dias eu a ouço… No cantar dos pássaros, na luz do sol, no vento balançando as folhas das árvores, nas pessoas caminhando, nos carros percorrendo avenidas, nos amigos se encontrando, nos casais se amando… Mas hoje eu a ouvi ainda mais pertinho. Depois de dias sem chuva aqui em São Paulo, 7 de setembro amanheceu debaixo de muita água.
 Era Deus discursando e dizendo a todos para agradecer a vida, agradecer a graça de estar vivo e de poder desfrutar de tudo aquilo que nos cerca… até mesmo os dias mais secos.
Tudo tem sua razão de ser e Ele sempre sabe o que faz (e a hora que deve fazer).




Obrigada Deus por falar sempre comigo

O que vc quer para vc!!!

Há sempre uma segunda chance


Todos nós já perdemos alguma oportunidade na vida. Olhamos para trás e questionamos o motivo de não termos nos empenhado mais nesta ou naquela situação. E a sensação é de termos jogado fora uma boa chance que a vida nos deu. Mas aprendi que Deus sempre nos reserva outro momento.



Você pode não ser capaz de reviver sua infância, mas Ele pode tornar o restante de sua vida tão cheio de boas realizações que isso compensará as oportunidades perdidas.



Para cada chance que se foi, Deus pode fazer o tempo voltar e colocar coisas ainda maiores e melhores no seu caminho. Basta acreditar e não cometer o erro de se conformar com tudo.



Jogou fora algo que queria muito? Ainda há tempo de recuperar. Refaça o caminho, reveja suas atitudes, tente novamente. Para quem não se entrega porque desperdiçou um momento, muitas outras coisas boas acontecem novamente. Deixar-se dominar pelo desânimo por conta da chance desperdiçada é tudo o que Deus não quer para você. Recomece, porque o importante não é quantas vezes você cai, mas a vontade que você tem de se levantar!



Bom Final De Semana e fique com Deus.

sábado, 21 de maio de 2011

Ser Chique




Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas, como nos dias de hoje. A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda.

Elegância é uma delas.

Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo carro italiano.


O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta perante a vida.


Chique mesmo é quem fala baixo. Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.

Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.

Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.

Chique mesmo é parar na faixa e dar passagem ao pedestre e evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.

Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador.

É lembrar do aniversário dos amigos.

Chique mesmo é não se exceder jamais! Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.

Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor. É "desligar o radar" quando estiverem sentados à mesa do restaurante, e prestar verdadeira atenção à sua companhia.

Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.

Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!

No entanto, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos retornar ao mesmo lugar, na mesma forma de energia.

Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem. Porque, no final das contas, chique mesmo é ser feliz!"

sábado, 14 de maio de 2011

A IMPONTUALIDADE DO AMOR



Você está sozinho. Você e a torcida do Flamengo.

Em frente a tevê, devora dois pacotes de Doritos enquanto espera o telefone tocar.

Bem que podia ser hoje, bem que podia ser agora, um amor novinho em folha.

Trimmm!

É sua mãe, quem mais poderia ser?

Amor nenhum faz chamadas por telepatia.

Amor não atende com hora marcada. Ele pode chegar antes do esperado e encontrar você numa fase galinha, sem disposição para relacionamentos sérios.

Ele passa batido e você nem aí. Ou pode chegar tarde demais e encontrar você desiludido da vida, desconfiado, cheio de olheiras.

O amor dá meia-volta, volver. Por que o amor nunca chega na hora certa?

Agora, por exemplo, que você está de banho tomado e camisa jeans.

Agora que você está empregado, lavou o carro e está com grana para um cinema.

Agora que você pintou o apartamento, ganhou um porta-retrato e começou a gostar de jazz. Agora que você está com o coração às moscas e morrendo de frio.

O amor aparece quando menos se espera e de onde menos se imagina.

Você passa uma festa inteira hipnotizado por alguém que nem lhe enxerga, e mal repara em outro alguém que só tem olhos pra você.

Ou então fica arrasado porque não foi pra praia no final de semana.

Toda a sua turma está lá, azarando-se uns aos outros.

Sentindo-se um ET perdido na cidade grande, você busca refúgio numa locadora de vídeo, sem prever que ali mesmo, na locadora, irá encontrar a pessoa que dará sentido a sua vida.

O amor é que nem tesourinha de unhas, nunca está onde a gente pensa.

O jeito é direcionar o radar para norte, sul, leste e oeste.

Seu amor pode estar no corredor de um supermercado, pode estar impaciente na fila de um banco, pode estar pechinchando numa livraria, pode estar cantarolando sozinho dentro de um carro.

Pode estar aqui mesmo, no computador, dando o maior mole.

O amor está em todos os lugares, você que não procura direito.

A primeira lição está dada: o amor é onipresente.

Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir “eu te amo” num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa.

O amor odeia clichês.

Você vai ouvir “eu te amo” numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza.

Idealizar é sofrer. Amar é surpreender.



Martha Medeiros

Boa Noite!


Me chame de egoísta mas não quero que não durmas pensando em mim e sim que durmas com a minha pessoa boa noite!!!




Que vocês tenham uma boa noite de sono e que sonhe com os anjos beijinhos



Espero que vocês tenham uma ótima noite! Aproveitem e sonhem com os anjinhos...

Pouco antes de adormecer, sussurrem no ouvido do seu amor:


 " Eu te amo." " A vida é bela "

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Eva



Ela se despiu: curvas, curvas onde qualquer homem se perde, cabelos ao vento, delicadeza, fascínio, indefesa e perigosa ao mesmo tempo. Tinha aos seus pés pano, ouro e sapatos. Mas ela se despiu mais ainda: agora por completo. Ela foi além das roupas, se despiu para si mesma, pra se entender, pra saber quem ela é por dentro. E somente ela pôde ver a sua nudez interior. É o seu segredo secreto.

Ela abriu o guarda-roupas e disse: "Hoje eu vou de mim mesma". Então ela procurou e procurou; e quando disse "Não tenho nada pra vestir" é porque ela não estava se achando dentro daquele amontoado de panos recortados.

Quando ela escolheu a roupa, ela escolheu a que mais se parecia com ela, baseada no aspecto da sua personalidade que estava mais presente no momento. Porque quando uma mulher se produz ela está cultivando a sua individualidade; e se vestir na verdade significa mostrar parte da sua nudez interior.

Essa necessidade de querer mostrar o seu ser, partilhar a sua essência, que se diga doar-se, é o que significa ser mulher. Essa necessidade de querer se colocar pra fora em infinitos tipos de roupas, aparatos, sapatos, que representam as infinitas possibilidades do seu ser, é o que significa ser feminina.

tão ela se veste novamente. Se reveste. Se veste de si mesma. Porque o seu vestir é a pura expressão daquilo que ela é. Ela se despe, se veste e se adorna com as suas jóias, com os seus dramas, seus desejos escondidos atrás de uma "cara de paisagem", sua alegria e sua vivacidade.

Então ela escancara a boca em um sorriso; e o seu sorriso diz: "Eu sou feliz, porque sou livre". Porque expressão não é exibicionismo, expressão é liberdade. Em seguida ela solta um grito histérico e dança pelo meio da sala como uma louca; mas na verdade isso também é a expressão do que significa ser mulher. E vestida de respeito, auto-estima e valor próprio ela sai de casa.

Na rua ela recebe assovios de pedreiros, o indicativo básico de que uma mulher chama atenção. Mas ela torce pra não encontrar com caras sem noção que entendem que buzinar repetidas vezes pra uma mulher na rua significa alguma coisa. Ela cruza os dedos pra não ter que cruzar com caras que soltam as velhas cantadas toscas de boteco, aquelas em que um homem diz alguma bobagem que tirou da cabeça sem nenhum esforço e espera que a mulher se jogue aos seus pés.


Ela volta pra casa. No espelho, as roupas que ela veste e as jóias que ela carrega são um sinal pra dizer que ela quer ser tida como valiosa.


Ela encontrou um cara que implorou para ter a sua nudez, a sua beleza interior. Que foi atraído pelas curvas escondidas debaixo de um pano social. Ela se sentiu cuidada, porque elogio significa acariciar com palavras.


Ela foi notada por um cara que aceitou o risco de lhe galantear como homem sem parecer babaca, de pegar tocos, crises de indecisão, tapas, suportar TPMs e passar pelo longo processo de tirar peça por peça do seu vestuário sentimental para no fim obter o seu valioso e suado prêmio, o maior presente que um homem pode ter: o coração e o amor de uma mulher; uma mulher.


Ela se despe, veste a camisola e dorme.





By Leonardo Ângelos

REFLITA SEMPRE!


Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último para dizer “obrigada”. O último para dizer “me desculpa”. O último para dizer “eu te amo”. O último para abraçar cada pessoa amada com aquele abraço bom que faz um coração cantar para o outro. O último para apreciar a vida com o entusiasmo que não guarda nenhuma delícia nem ternura pra depois. O último para fazer as pazes. Para desfazer enganos. Para saborear com calma, como se me servissem um banquete, a preciosidade genuína que cada único respiro humano representa.



Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último pra esquecer tolices. O último para ignorar o que, no fim das contas, não tem a menor importância. O último para rir até o coração dançar. O último para chorar toda dor que não transbordou e virou nódoa no tecido da vida. O último para aprontar todas as artes que a emoção quiser. O último para ser útil em toda circunstância que me for possível. O último para não deixar o tempo escoar inutilmente entre os dedos das horas.

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último para me maravilhar diante de cada expressão da natureza com o olhar demorado de quem olha pela primeira vez. O último para ouvir aquela música que acende sóis por toda a extensão da minha alma. O último para ler, de novo, o poema que diz tanto de mim que eu me sinto caber nos olhos do poeta que o escreveu. O último para desembaraçar os fios emaranhados dos medos que me acompanham.

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. Eu não perderia uma chance para me presentear com os agrados que me nutrem. Eu criaria mais oportunidades para dizer o meu amor. Para expressar a minha admiração. Para destacar para cada pessoa a beleza singular que ela tem. Para compartilhar. Eu não adiaria delicadezas. Não pouparia compreensão. Não desperdiçaria energia com perigos imaginários e com uma série de bobagens que só me afastam da vida.

Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último, porque pode ser.







Ana Jácomo

terça-feira, 10 de maio de 2011

Quem Sou Eu?




• Eu sou a tua companhia do dia dia. Quem sou eu?




• Eu sou a tua maior ajuda ou o teu maior fardo. Quem sou eu?



• Eu vou elevar-te ao sucesso ou arrastar-te para o insucesso. Quem sou eu?



• Eu estou completamente ao teu comando. Quem sou eu?



• Metade das coisas que tu fazes, podes muito bem deixar a meu cargo e eu vou ser capaz de as executar rapidamente e de forma correcta. Quem sou eu?



• Eu sou fácil de lidar; tu só tens de ser meramente firme comigo. Quem sou eu?



• Mostra-me exactamente como é que queres que algo seja feito e após algumas lições vou executa-lo de forma automática. Quem sou eu?



• Eu sou um servo de todos os grandes homens. Quem sou eu?



• Aliás, de todos os falhados também. Quem sou eu?



• Todos os que são grandiosos, eu assim os criei. Quem sou eu?



• Todos os que são falhados, eu falhei com eles. Quem sou eu?



• Eu não sou uma máquina, mas trabalho com a precisão de uma. Mas também com a inteligência de um homem. Quem sou eu?



• Tu podes usar-me para a fortuna como também para a ruína, para mim tanto me faz. Quem sou eu?



• Utiliza-me, treina-me, sê firme comigo e vou colocar o mundo a teus pés. Quem sou eu?



• Se fores mole comigo eu vou destruir-te.



Quem sou eu ?

EU SOU APENAS UM HÁBITO!!

Felicidade!





"Sou feliz e não admito que ninguém me acorde."

( Martha Medeiros)


A Porta Do Lado - Dr. Draúzio Varella



Sabe quando um vizinho estaciona o carro muito encostado ao seu na garagem (ou pode ser na vaga do estacionamento do shopping). Em vez de simplesmente entrar pela outra porta, sair com o carro e tratar da sua vida, você bufa, pragueja, esperneia e estraga o que resta do seu dia.




Eu acho que esta história de dois carros alinhados, impedindo a abertura da porta do motorista, é um bom exemplo do que torna a vida de algumas pessoas melhor, e de outras, pior. Tem gente que tem a vida muito parecida com a de seus amigos, mas não entende por que eles parecem ser tão mais felizes.



Será que nada dá errado pra eles? Dá aos montes. Só que, para eles, entrar pela porta do lado, uma vez ou outra, não faz a menor diferença. O que não falta neste mundo é gente que se acha o último biscoito do pacote. Que 'audácia' contrariá-los!



São aqueles que nunca ouviram falar em saídas de emergência: fincam o pé, compram briga e não deixam barato. Alguém aí falou em complexo de perseguição? Justamente. O mundo versus eles.



Eu entro muito pela outra porta, e às vezes saio por ela também. É incômodo, tem um freio de mão no meio do caminho, mas é um problema solúvel. E como esse, a maioria dos nossos problemões podem ser resolvidos assim, rapidinho. Basta um telefonema, um e-mail, um pedido de desculpas, um deixar barato. Eu ando deixando de graça...



Pra ser sincero, vinte e quatro horas têm sido pouco para tudo o que eu tenho que fazer, então não vou perder ainda mais tempo ficando mal-humorado. Se eu procurar, vou encontrar dezenas de situações irritantes e gente idem; pilhas de pessoas que vão atrasar meu dia. Então eu uso a 'porta do lado' e vou tratar do que é importante de fato.



Eis a chave do mistério, a fórmula da felicidade, o elixir do bom humor, a razão por que parece que tão pouca coisa na vida dos outros dá errado. 'Quando os desacertos da vida ameaçarem o seu bom humor, não estrague o seu dia...Use a porta do lado e mantenha a sua harmonia. Lembre-se, o humor é contagiante - para o bem e para o mal - portanto, sorria, e contagie todos ao seu redor com a sua alegria.



A 'Porta do lado' pode ser uma boa entrada ou uma boa saída...


Experimente!!!

Mário Lago




"...Sonhar é dar à vida nova cor.

Dar gosto bom às lágrimas de dor.

O sol pode apagar, o mar perder a voz.

Mas nunca morre um sonho bom dentro de nós."

domingo, 1 de maio de 2011

A vocês meus amigos, dedico algumas palavras de sabedoria!

 

 




“Não sou grande nem pequeno, sou do tamanho que cabe em algum lugar em seu coração. Eu sou o Amor.”



Fonte: Jesus Cristo - Meu Senhor e meu Deus.



*



“Você conhece o relacionamento entre seus dois olhos?

Eles piscam juntos, eles se movem juntos, eles choram juntos, eles vêem coisas juntos e eles dormem juntos, embora eles nunca vejam um ao outro…

A amizade deveria ser exatamente assim!”





*



“Você que teme o Senhor, aprenda com os tombos que levou, aprenda com o amor que o pôs de pé novamente e não volte aos erros de outrora, nem se desvie para não acontecer de você se machucar, se ferir, cair e se destruir. Vocês que temem o Senhor, diz a Palavra, confiem n’Ele! Se você tem respeito por Deus, demonstre-o confiando n’Ele. Acredite que Ele é por você, acredite que o futuro está nas mãos d’Ele e que não existe nenhum plano do Todo-poderoso, envolvendo você, que não seja de felicidade e realização.”






*



“É preciso ter uma meta, e a nossa meta é muito grande. Quem se acostuma com as pequena não pode ir para o céu. O céu é para quem sonha grande, pensa grande, ama grande e tem a coragem de viver pequeno. Isso é o céu”Triunfe em vossos corações a paz, Isso também é no sentido interior. Essa paz não significa que você vai estar todo dia alegre, todo dia feliz. O triunfo da paz significa uma conquista; significa que vamos passar por problemas, por dificuldades. Em alguns dias, você vai estar para baixo e não com a mesma disposição de sempre, porque você é humano e precisa colocar o pé no chão, mas os olhos devem estar fexos em nosso alvo, Jesus. Ele é nossa paz nosso modelo.”



*



“Eu sou aquilo que Deus pensa de mim….

Eu gostaria de agradecer a todos que pelas inúmeras vezes me enxergaram melhor do que eu sou. Pela suas capacidades de me olhar devagar, já que nessa vida muita gente já me olhou depressa demais.”


*

 

”Deus é muito bom, nós é que nos desviamos do caminho divino. Ele mandou o Filho único para morrer por você e por mim. Se você pediu alguma coisa a Ele e ainda não foi atendida; calma! O Pai do céu tem o Seu tempo e nem sempre o que você quer é o melhor para você, e tudo concorre para o bem dos que amam a Deus.”



Fonte: Pe José Augusto